3º dia: Redondela – Santiago de Compostela

E lá passaram mais 85km. Os primeiros 40km pareceram 20 e os últimos 20 pareceram 40. É assim que descrevo este ultimo dia de viagem.
Começámos o dia com ameaças de chuva e o jornal do dia também não ajudou, “muita chuva e granizo” era o anunciado para este 3º dia de viagem, mas felizmente não apanhámos uma pinga de chuva.
Os primeiros 40km fizeram-se “com uma perna às costas; na noite anterior tinha-me deitado com uma dor num tendão da perna direita, mas felizmente de manha já estava totalmente recuperado.

20130519-132149.jpg

Os últimos 20km foram os mais difíceis, os joelhos começaram-se a ressentir, juntamente com o tendão do pé esquerdo que levou uma pancada forte numa descida por volta dos 50km deste 3º dia. A carga psicológica também começou a aumentar com a chegada ao fim do caminho. Embora o fim do caminho seja em ambiente citadino, a verdade é que nos abstraímos de tudo, o destino nunca mais chega e os marcos que informam da distancia para Santiago parecem não alterar. Pedalamos a pensar que passaram 5km e afinal passou 1, simplesmente desgastante.

Ja no centro da cidade de Santiago tudo deixa de doer, “é já ali ao cimo desta rua” disse-me o Paulo. Subi com a pedalada com que comecei esta viagem na Sé do Porto. Ao cimo parámos 1 minuto no inicio da rua que nos leva ao nosso destino final, voltámos a arrancar pela entrada do caminho Português, uma rua estreita cheia de gente, onde temos que “zigzaguear” entre peregrinos e turistas e finalmente entramos na praça. Havia pessoas no centro da praça deitadas no chão, uns tiravam foto de grupo enquanto cantavam bem alto, eu continuei a pedalar até que me reencontrei no centro da praça com o Paulo. Cumprimentámo-nos e parabenizámo-nos pelo feito e foi ai que toda a carga desabou em cima de mim. A carga emocional era enorme, um misto de sentimentos indescritível, afastei-me do Paulo, fui para um canto e liguei à família emocionado.

Depois de recomposto voltei a procurar o Paulo, tirámos as fotos da praxe, fomos buscar a Compostela e por fim para o hotel. A visita à catedral deixámos para o dia seguinte.

Há realmente muito para escrever, o que irei fazer atempadamente. Este texto estava em falta para aqueles que apenas seguem o blog, por isso aqui fica o resumo do 3º e último dia.

Mais uma vez obrigado a todos os que seguiram esta aventura.

20130520-131347.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s